quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

10 PASSOS PARA A PROSPERIDADE


Todo ser humano tem como parte de sua natureza o desejo de prosperar, mas infelizmente engana-se quando pensa que para conquistar a prosperidade é preciso apenas de bens materiais. Ter prosperidade significa ter uma vida abundante em todos os sentidos: profissional, pessoal e espiritual. É viver valorizando o prazer de amar, sonhar e conquistar.

No caminho que leva a prosperidade há 10 passos essenciais que auxiliam na auto-evolução e contribuem para que as pessoas que nos rodeiam também se desenvolvam.

1) TER OBJETIVOS DE VIDA:
Uma pessoa sem objetivos é como uma folha seca ao vento. É levada para qualquer direção, em qualquer momento. Existem dois tipos de objetivos: os materiais e os espirituais. Os ligados a matéria são automóveis, jóias, roupas, imóveis etc. E os espirituais é a conquista de um valor abstrato como, por exemplo: desenvolver a paciência, ter mais equilíbrio, ser mais otimista, entre outros. 0 planejamento é imprescindível para que todos os objetivos se concretizem.

2) DESENVOLVER A AUTO-ESTIMA:
O amor próprio é a maior abundância que podemos ter. Quem não se ama leva uma vida amarga e espalha pessimismo ao seu redor. A busca de si é primordial para qualquer realização na vida. A virtude de ter uma elevada auto-estima pode garantir o prazer e a alegria de estar passando por este lindo planeta.

3) APRENDER A UTILIZAR A MENTE:
Temos um supercomputador capaz de realizações ilimitadas que está anatomicamente embutido em nosso crânio. Aprender a programá-lo é fundamental, pois além de gerar energias que nos dão forças para o dia-a-dia, a mente cria campos eletromagnéticos que atraem todos os nossos desejos e pensamentos.


4) TER UMA PERSONALIDADE AGRADÁVEL:
Tratar bem as pessoas; aprender a colocar-se no lugar delas; chamá-las pelo nome; ser humilde; interessar-se por elas; saber ouvir e principalmente elogiar, reconhecer e respeitar; são atitudes que lubrificam as engrenagens do dia-a-dia e devem ser utilizadas para quem quer prosperar.

5) DESENVOLVER A PERSISTÊNCIA:
O fracasso é o sucesso em processo. Desistir de um sonho é o mesmo que anunciar que está morrendo. A persistência é a mãe do sucesso. É ela que materializa os nossos sonhos.

6) TER FLEXIBILIDADE PARA MUDANÇAS:
A velocidade de mudança do mundo é algo assustador. Sessenta por cento do Produto Interno Bruto (PIB) japonês do ano 2000 está na venda de produtos que ainda não existem. Uma mente inovadora e criativa é fundamental para a sobrevivência, principalmente na vida profissional. 0 que deu certo no passado não garante mais o sucesso no presente. Devemos estar atentos e perceber que a vida é diferente a cada dia. Pessoas que estão fazendo as coisas do mesmo jeito que sempre fizeram estão ficando para trás. Mudar para melhor é a única saída.


7) MELHORAR A VIDA DAS PESSOAS
Cada pensamento, palavra ou atitude que envolve nossos projetos de vida, se estiverem fundamentados com o desejo sincero de ajudar as pessoas, recebe uma poderosa força cósmica que faz prosperar com muito mais intensidade. Quando o nosso sonho de vida envolve a alegria de outras pessoas, ele passa a ter força.

8) CONHECER E USAR OS DONS E TALENTOS:
Nossos dons e talentos são as maiores ferramentas que temos contra a pobreza e a falta de realização. A falta do autoconhecimento é a maior causa do fracasso, pois quem tem consciência dos seus verdadeiros dotes naturais pode produzir diamantes, pois já descobriu que sua alma é feita de um material superior.

9) TRABALHAR COM AMOR:
Colocar amor no trabalho é essencial para o sucesso. Nunca vamos conhecer alguém bem sucedido que não tenha prazer no que faz, ou que trabalhe apenas por obrigação ou necessidade. Quem trabalha com amor está impregnando vida, energia positiva e prosperidade em tudo que toca.

10) TER LIGAÇÃO COM SUA ESSÊNCIA
Sentir a presença do Criador, independente da religião ou seita que se segue, é estar em contato com toda a abundância existente. Devemos saber entregar-se a Ele, perceber que somos abundantes por natureza e que a prosperidade é como um oceano, onde cada um pega o que o coração permite. E lembre-se: um coração livre, puro e bondoso é capaz de desfrutar de todo oceano, enquanto outros disputam para pegar com baldes um pouco da água, se esquecendo que já tem o oceano. Esta é uma das principais atitudes que limita a humanidade a prosperar.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Tear de Pregos passo a passo - parte 1

Oi gente,

Como eu havia prometido, vou postar aqui um passo a passo no tear de pregos. Será em duas partes, a primeira, com o passo a passo do primeiro quadradinho. O segundo, vou colocar o passo a passo para unir quatro quadrados.

O tear que eu utilizei tem 20 x 20cm, a lã é tipo a mollet, bem simples, e usei cores distintas para ficar bem exemplificado. Este tear é ótimo, pois os “pregos” são de plástico, fica prático na hora de tirar o trabalho.

Vou utilizar aqui a mesma nomenclatura que uso no tear de pente liço. E para simplificar, o urdume é a lã que vai primeiro, e fica na vertical. A trama é que fazemos depois, na horizontal.

Vou postar o comentário e as fotos logo abaixo.

Muito bem, vamos lá:


1. Este é o material que usei. Como o tear é pequeno, dá para usar tranquilamente os restinhos de lã que sobra de outros trabalhos. Precisei também de tesoura e uma agulha de crochê para finalizar.




2. Comece prendendo a lã (usei dois fios), no primeiro preguinho.




3, 4, 5, 6 e 7. Vá agora, intercalando a passagem da lã conforme as imagens.












8. Tanto na base quanto na parte superior, passei a lã por 21 pregos. É importante prestar atenção nesta parte. Os 4 lados deverão ter a mesma quantidade, para que o fechamento dos 4 quadradinhos seja perfeito,




9 e 10. Esta é a última vez que passo a lã no último prego.






11 e 12. Corto a lã e prendo no último prego, já ocupado.






13. Agora, começo a trama, com uma lã de outra cor, para facilitar a visualização aqui. Dou um nó para prendê-la.




14. Eu sempre puxo um pouco de lã, para facilitar a trama.




15 e 16. São 2 fios duplos de cor laranja. Passo por cima de 4 fios azuis, depois passo por baixo e assim vai...






17. Deve ficar assim.




18. Na ponta prendo a lã no primeiro prego, assim.




19. Retornando, os outros dois fios ficam entre o segundo e o terceiro prego.




20. Dou continuidade na trama, desta vez, passando por baixo nos 4 primeiros fios azuis.




21. Como fica um arco de lã, eu uso a agulha de crochê para trazer os fios junto à carreira anterior. É importante saber que a lã não deve ficar tensionada, porque, na hora de tirar o trabalho, o quadradinho vai encolher.




22. Deve ficar assim. Continue até o topo, e cuide para que dê a mesma quantidade de preguinhos preenchidos com lã, dos 4 lados.




23 e 24. Você vai perceber, quando estiver no fim, que fica complicado de passar a trama. Eu uso a agulha para ajudar. Eu tiro o fio azul que está preso com a agulha, passo por baixo o fio laranja e prendo o azul de novo.






25. Confere de novo, e conte se tem a mesma quantidade, hein? Eu estou insistindo porque depois é muito chato unir os quadradinhos com tamanhos diferentes!!!




26. Eu sempre dou uma arrumadinha para que os fios fiquem paralelos e não se amontoem.




27 e 28. Terminando a trama, eu corto um fio e deixo outro inteiro.






29, 30 e 31. A partir daqui eu tirei o flash da máquina. Bom, aqui eu insiro a agulha de crochê por baixo e uso para puxar os dois fios para o verso do tear.








32 e 33. Agora é a hora de fazer a correntinha. Eu seguro o fio que não está fixo e com a agulha, puxo ele para cima.






34 e 35. Sigo a correntinha, passando ela no meio dos buraquinhos. Não passe pelos espaços vazios do trabalho!!





36, 37 e 38. Aqui no final, eu abro mais a última correntinha e puxo ela para baixo.








39, 40, 41 e 42. Corto o fio que usei, passo os dois pela lã e puxo. Dou mais um nó para não soltar!!










43. Fica assim.




44. Com cuidado, vou tirando o trabalho do tear.




45. Trabalho pronto.





Assim que eu terminar os outros 3 quadrados, posto aqui como uni-los.

Espero que tenha sido útil.


Beijos

Ursula

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Oração do Cavaleiro da Rosa

Grande Pai e Grande Mãe,
Criadores de todo o Universo
Peço agora tua divina orientação
Para realizar sagradamente a minha missão.

Dá-me uma inteligência sedenta de verdade,
um braço forte para defender
e lutar pelos que não podem lutar por si,
Mas que estes braços também sejam
sempre capazes de abraçar com amor e verdade,
sempre com sinceridade.

Não tenho muito a Vos oferecer,
mas ofereço tudo o que tenho:
o estudo e o divertimento,
as palavras e o silêncio,
as lágrimas e a alegria,
meu sorriso e meus suspiros
e minha eterna gratidão
Por estar em Tua companhia
É teu meu coração
Que agora é puro e forte,
É pura luz na vida e na morte,
Agradeço por iluminares meus caminhos,
Com a sabedoria e com a boa sorte.
Assim seja, assim se faça.


fonte: www.alcateia.com